Vereadora discute ações antirracistas com shopping Pantanal



A vereadora Edna Sampaio (PT) se reuniu nesta terça (22) com a superintendência do shopping Pantanal para discutir ações educativas contra o racismo a serem realizadas no estabelecimento, envolvendo clientes, lojistas e funcionários.


A iniciativa é uma resposta ao episódio de racismo ocorrido no início do mês, quando o funcionário público negro Paulo Arifa foi acusado por uma vendedora de ter furtado um sapato que havia acabado de comprar na loja Studio Z, localizada no shopping.


Ele chegou a ser contido e intimidado por seguranças, passando por uma situação de humilhação e, devido ao tumulto, lesionou o tornozelo.




Participaram da reunião a professora Antonieta Costa (Instituto de Mulheres Negras de Mato Grosso), os ativistas Anderson Barbalho e Eliane (Frente Favela Brasil) e o professor Rafael Lira (Associação de Defesa dos Haitianos Imigrantes e Migrantes em Mato Grosso).


O grupo solicitou ao shopping a implantação urgente de um programa de educação antirracista, com participação de trabalhadores e intelectuais negros em sua formatação.


Também foi discutida a realização de um ato político-cultural e pedagógico dentro do shopping, com uma roda de conversas sobre o racismo estrutural.


“Pela Câmara, vamos aproveitar a experiência-piloto para, junto à Comissão de Direitos Humanos, da qual faço parte, criar o Prêmio Empresa Livre de Racismo (nome provisório), com certificação de protocolos antirracistas”, disse a parlamentar.

“Precisamos combater o racismo e essa não é tarefa apenas nossa, pessoas pretas. É, principalmente, tarefa das pessoas brancas e, para isso, é preciso diálogo, onde for possível”, afirmou ela.


“A oportunidade que nos foi dada de estar em diálogo com a vereadora Edna e os movimentos sociais é fundamental e importante. Vivemos um momento delicado em nossa sociedade, no qual, enquanto cidadãos, precisamos aprender muito sobre a história do nosso país, e colocamos essa data de hoje como um marco para a mudança de comportamento em nossa cidade”, avaliou o superintendente do shopping, Cesar Moraes.