top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Pesquisa: Edna é a única mulher entre os mais lembrados



Única mulher a aparecer entre os sete candidatos a deputado estadual mais citados em Cuiabá e na 21ª colocação no estado, segundo a pesquisa Gazeta Dados, a vereadora Edna Sampaio (PT) disse acreditar que os números refletem a busca dos segmentos marginalizados por mais representatividade política.

Outro fator é o interesse crescente da sociedade em debater pautas levantadas por ela e que em geral são invisibilizadas no debate político.

Segundo a pesquisa, na capital, Edna detém 1,16% das intenções de voto, estando entre os sete candidatos mais bem colocados.

No Estado, alcança 0,50% das intenções de voto, e é uma das duas únicas mulheres citadas entre os primeiros colocados.

Para ela, o fato de dialogar com o anseio da parcela da população - mulheres, negros, indígenas, pessoas em situação de vulnerabilidade etc. - que é maioria do eleitorado e minoria nos espaços de poder, faz com que seu nome se destaque em relação ao de candidatos tradicionais.

“Vivemos uma crise de representatividade na política e o aparecimento de uma mulher trabalhadora, negra, que abraça pautas que não estão postas no campo política, faz com que muita gente se identifique. Significa que estamos ocupando um espaço que não existia e que representa muita gente”.

A pesquisa, realizada entre os dias 26 e 28 de agosto, atingiu 45 municípios das regiões norte, nordeste, sudoeste, centro sul e sudeste.

“Temos feito um esforço enorme para compensar os poucos recursos com nossa capacidade de articulação e nossa militância [...]. Não falta gente organizada para fazer a campanha, gente que já estava fazendo voluntariamente”.

“São pessoas que se vêem representadas em uma mulher negra, feminista, cujas pautas não são trazidas pelos políticos tradicionais porque existe ainda muito preconceito, racismo, lgbtfobia, machismo. E mesmo nossos apoiadores não fazem parte desse segmento marginalizado sabem da importância da representatividade dessa maioria que foi silenciada”.

A parlamentar, que tem circulado por todo o estado e esteve recentemente na região do Vale do Araguaia, avaliou o alcance alcançado em regiões distantes da capital, graças ao alcance da mobilização digital e ao diálogo junto a comunidades tradicionais e movimentos sociais.

Uma delas foi a Aldeia Tritopá, na Reserva Indígena Areões, em Nova Nazaré.

“Edna se comprometeu com os direitos dos povos indígenas. Em relação à reserva, propôs o combate efetivo às consequências das mudanças climáticas e o comprometimento com a proteção de territórios. Absorveu as reivindicações da comunidade e lideranças, se posicionando a favor da agricultura familiar indígena e da conclusão da MT 326, que escoa a produção de calcário, e da criação de uma base de fiscalização dos impostos, que são a base de arrecadação do município”, comentou um dos presentes à reunião, o universitário Wilk França, morador de Nova Nazaré e estudante em Nova Xavantina.

ความคิดเห็น


bottom of page