top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

LPG: Comissão de Cultura envia resposta de executivo a setor cultural



A presidente da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico  da Câmara Municipal de Cuiabá, vereadora Edna Sampaio (PT) encaminhou, nesta quinta-feira (28), aos produtores culturais a resposta que recebeu da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (SMC) em relação às reclamações apresentadas por eles sobre a tramitação dos editais da Lei Paulo Gustavo (LPG).




Em documento apresentado na semana passada à vereadora, eles apontaram, entre outros problemas, o descumprimento dos critérios para a promoção de ações afirmativas, o que levou à aprovação,  com nota máxima, de projetos cujos proponentes não pertencem a grupos socialmente excluídos.


Na resposta, a SMC reconhece que problemas na tabulação dos dados referentes às cotas raciais e às ações afirmativas podem ter gerado distorções nas pontuações e afirma que está sendo feito um rigoroso trabalho de revisão dos editais.


Informa também que publicou, na última terça-feira (26), na Gazeta Municipal, os editais com os novos prazos.

A resposta do executivo foi encaminhada pela Comissão aos produtores culturais envolvidos, ao Escritório do Ministério da Cultura na capital, representado pela produtora cultural Lígia Viana, e ao membro do Fórum de Cultura, DJ Taba.


O assunto será pauta também da primeira reunião da comissão no ano que vem, no dia 23 de janeiro, às 13h. 

Segundo a pasta, a gestão dos processos de criação, publicação e análise das etapas da Lei Paulo Gustavo em Cuiabá é feita pela SMC  junto com o Instituto Trocando Ideias.


A Comissão de Cultura é composta também pelos vereadores Mário Nadaf (PV) e Fellipe Corrêa (Cidadania).



bottom of page