Retorno às aulas: governo põe sobre servidores responsabilidade pela segurança


Em visita a uma escola estadual nesta terça (3), a vereadora Edna Sampaio (PT) se disse bastante preocupada com a falta de infraestrutura das unidades de ensino para receber a comunidade no retorno às aulas, previsto para esta quarta-feira (4).


“Não ficamos surpresos, zero de surpresa”, disse ela em um vídeo publicado em suas redes sociais, onde mostrou algumas mudanças estruturais simples feitas no local, as quais não atendem aos protocolos de proteção.


Nas salas da unidade, não há barreira de proteção entre as cadeiras dos alunos e nem na mesa do professor e falta ventilação adequada.


A unidade informou que comprou máscaras de pano para dar aos alunos e profissionais da educação, e não as de tipo N95/PFF2, que são recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).


O quantitativo de professores continua o mesmo, o que os obrigará a assumir tanto as turmas presenciais quanto as remotas, dificultando o ensino.


“Mais uma vez, o governador do estado coloca sobre os servidores públicos - neste caso, professores, diretor, profissionais que atuam na escola - a responsabilidade por conduzir, retornar a educação, como se não retornar significasse a indisposição destes profissionais para trabalhar, e não assume a sua responsabilidade de, efetivamente, garantir a segurança das pessoas que vão frequentar esse espaço”, disse ela.


Confira o post, na íntegra: https://www.instagram.com/tv/CSHUTGEA5mt/?utm_medium=copy_link