top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Edna Sampaio visita Porto Esperidião e região



A vereadora e candidata a deputada estadual Edna Sampaio (PT) esteve em visita às cidades de Porto Esperidião, Araputanga, Quatro Marcos e Mirassol D'Oeste na última segunda-feira (12) e interagiu com seus eleitores juntamente com seus apoiadores, pelas ruas da cidade.


Ela ouviu as demandas da população, destacando sua defesa da população mais pobre e trabalhadora, por quem tem lutado como vereadora na Câmara Municipal, defendendo, entre outras pautas, a transferência de renda para a população mais pobre, visando o combate à pobreza extrema, que se agravou com a pandemia de Covid.




Na terça (13), a parlamentar passou por Rondonópolis, na quarta, por Poxoréu e, a partir da quinta-feira (15) estará em Cáceres, seguindo depois para Pontes e Lacerda, onde se encontra com apoiadores na sexta-feira (16).



Apesar de representar mais de 52% da população, a participação das mulheres na vida política do país é muito baixa.


Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as mulheres são mais de 77 milhões de eleitores em todo o Brasil, o que representa 52,5% do total de 147,5 milhões de eleitores e, desse número, apenas 9.204 (31,6%) mulheres concorreram a um cargo eletivo em 2018.







Única mulher entre os sete candidatos a deputado estadual mais citados pelo eleitora em Cuiabá e tendo seu nome presente em diversas pesquisas feitas com eleitores do interior, para ela, os números mostram a busca dos segmentos marginalizados por mais representatividade política e o interesse crescente da sociedade em debater pautas invisibilizadas no debate político.


Para ela, o fato de dialogar com o anseio da parcela da população - mulheres, negros, indígenas, pessoas em situação de vulnerabilidade etc. - que é maioria do eleitorado e minoria nos espaços de poder, faz com que seu nome se destaque em relação ao de candidatos tradicionais.


“Vivemos uma crise de representatividade na política e o aparecimento de uma mulher trabalhadora, negra, que abraça pautas que não estão postas no campo política, faz com que muita gente se identifique. Significa que estamos ocupando um espaço que não existia e que representa muita gente”, disse ela.

“Como vereadora, e até antes disso, já temos uma pauta em construção, que é dividida em cinco eixos, nos quais nós já temos atuado: o combate ao racismo, a luta pela vida das mulheres, a defesa da cidadania LGBT, a defesa dos serviços e dos servidores públicos e a geração de trabalho e renda com sustentabilidade social”.


Confira mais fotos:









Commentaires


bottom of page