top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Edna destaca ser a terceira mais votada do PT para estadual e considera campanha vitoriosa




A vereadora Edna Sampaio (PT) agradeceu neste domingo (2) pelos mais de 16,4 mil votos recebidos na disputa por uma vaga para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, sendo a terceira mais votada do Partido dos Trabalhadores e tendo condições de assumir a primeira suplência.




“No início da campanha, pensei que não importava ganhar ou perder, mas chegar ao final sabendo que fizemos tudo que poderíamos ter feito e foi isso o que aconteceu. [...] Nosso coletivo é formado em grande parte por pessoas que estão se descobrindo na política, entendendo a importância da política para as nossas vidas e me sinto muito orgulhosa de motivar estes corações e estes desejos’, disse ela.


A parlamentar destacou que está construindo uma história e isso não se faz apenas em uma eleição, mas como um legado para aqueles que virão.


“Por isso, não temos razão para nos sentir derrotados, pois fomos a terceira candidatura mais bem votada do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso e porque pessoas que nunca tiveram experiência de fazer política passaram a fazer em nossa campanha, do seu jeito, no seu lugar e porque muita gente que está despertando para a política está conosco. Ficamos em terceiro lugar em uma chapa com 25 nomes, com pessoas que têm muita experiência, dinheiro, mandato”, disse ela.

A vereadora cumprimentou a reeleição de Lúdio Cabral, Valdir Barranco e a pontuação alcançada pela Professora Rosa Neide no pleito.


“Fico muito feliz que nossos companheiros Lúdio e Barranco tenham conseguido confirmar a nossa representação do PT na Assembleia. Significa que o partido tem muita força e nós garantimos nosso espaço. Quero também parabenizar a professora Rosa Neide, sem dúvida a deputada federal mais bem votada em Mato Grosso, o que vem de seu trabalho como lutadora, a melhor deputada federal de Mato Grosso e vem também de nossa contribuição, pois fizemos campanha para ela em todos os lugares por onde passamos”, comentou.


Ela também pediu empenho da militância para o segundo turno das eleições para presidência da República.


“Temos que nos armar da nossa coragem e do nosso desejo de ficarmos livres do fascismo muito mais ainda agora”, disse ela, afirmando que o resultado demonstra o primeiro passo da caminhada do Mandato Coletivo na Câmara Municipal para construir uma militância ainda mais forte contra o fascismo.


“Vamos juntos construir um segundo turno onde possamos de fato mostra para todo o Brasil que o brasileiro não defende arma na mão, não é racista. Vamos provar que a nossa alegria é a nossa resistência. A mim cabe a gratidão de ter despertado em cada um destes eleitores a generosidade de pedir voto para uma mulher preta chegar à AL”, disse ela.

bottom of page