Edna contesta moção a ministra da agricultura



A vereadora Edna Sampaio (PT) contestou o título de cidadã cuiabana concedido à ministra da agricultura, Tereza Cristina, por indicação da vereadora Maria Avalone (PSDB).


Edna Sampaio comentou que não poderia votar a favor de uma ministra que atua em prol da destruição do meio ambiente, privilegiando o empresariado e cadeias produtivas como a dos agrotóxicos.


Ela lembrou que Teresa Cristina liberou no Brasil agrotóxicos proibidos em países da Europa, e que o Brasil é segundo país do mundo em consumo destes produtos defensivos graças à política do Ministério da Agricultura.


Ela também lembrou que o Ministério reduziu o repasse de recursos para agricultura familiar e a falta de investimentos está fazendo com que os produtos cheguem mais caros ao consumidor final. “A população passa fome e agricultura familiar foi deixada de lado", disse a vereadora.


Edna Sampaio apontou também a redução na produção de informações sobre monitoramento ambiental no país, que hoje está sob gestão do Ministério da Agricultura.


“Não há razões [para conceder o título], especialmente para nós, em Mato Grosso, que temos uma economia centrada no agronegócio, mas também uma diversidade enorme de agricultura familiar desassistida e sem qualquer possibilidade de vida e dignidade", disse ela.