top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Edna comemora negativa da Justiça a retirada de posts



A vereadora Edna Sampaio (PT) comentou, nesta terça-feira (26) a decisão da  juíza Lúcia Peruffo, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, que negou pedido liminar ao presidente da Câmara da Capital, vereador Chico 2000 (PL), para que fossem removidos os vídeos publicados por ela, onde o denunciava pela prática de violência política de gênero, diante dos ataques e silenciamentos que ela tem sofrido na Câmara.




Nesta terça-feira (26), ela afirmou que a tentativa do presidente da Casa sofreu um revés e que ressaltou a importância de as instituições públicas e judiciais estejam atentas à violência política de gênero.


A parlamentar lembrou que há apenas 100 anos as mulheres conquistaram o direito de votar e que ainda lutam pelo direito a exercer seus mandatos, e que a política não pode ser lugar de exclusividade masculina.


“A presença das mulheres precisa ser respeitada como uma presença que, historicamente, foi excluída dos parlamentos, dos espaços de poder, enquanto uma posição política. Os homens precisam aprender a respeitar e a valorizar a presença das mulheres nesses espaços”, disse ela. 


“Estou muito feliz com a decisão da Justiça de indeferir o pedido do vereador Chico 2000 que, lamentavelmente, tem dado um péssimo exemplo do que é um homem na relação com uma mulher no espaço da Câmara”, afirmou. 

 


Comments


bottom of page