top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

E agora, Rodrigo Arruda?




Não é mais possível esconder a PARCIALIDADE do Vereador Rodrigo Arruda e Sá, que Preside o processo da Comissão de Ética contra a Vereadora Edna Sampaio.


Está provado que o Vereador conduz de forma tendenciosa e fraudulenta o processo instaurado na Câmara Municipal.


Rodrigo de Sá foi à imprensa inúmeras vezes para pré-julgar e criminalizar publicamente a Vereadora Edna Sampaio, emitindo opiniões condenatórias, durante todo o transcorrer do processo.


Ao tempo que condenava publicamente a Vereadora Edna, Rodrigo de Sá fazia de tudo para atropelar o processo e cercear o direito de defesa da Vereadora. Foram tantas ilegalidades que o Poder Judiciário mandou parar o processo.


Agora que o Judiciário ordenou que ele dê a oportunidade para que as testemunhas de defesa da Vereadora Edna sejam ouvidas, ele voltou á imprensa para afirmar que, independente do que as testemunhas provaram, ele não mudará o relatório de cassação que está pronto.


Aliás não é só relatório pedindo a cassação que já está pronto, a própria ata da sessão de cassação com a resolução da perda do mandato já estava assinada pela comissão, faltando apenas preencher o número de votos pela cassação. Tudo isso sem ouvir a defesa.


Agora que a defesa da Vereadora Edna decidiu solicitar o seu afastamento da condução do processo, ele muda de discurso dizendo que não disse nada disso e que sempre respeitou a Vereadora Edna.


Neste vídeo da pra ter uma ideia do tanto que o Vereador Rodrigo trata, como ele diz, "com o maior carinho e respeito a Vereadora Edna".


Vejam se a conduta dele está de acordo com o que estabelece o art. 9° do CÓDIGO DE ÉTICA E DECORO PARLAMENTAR DA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ:


Art. 9° (...)

§ 1º Os membros da Comissão deverão, sob pena de imediato desligamento e substituição, observar a discrição e o sigilo inerente à natureza de sua função.


Esta exposta à luz do dia a perseguição de parte de vereadores contra a Vereadora Edna.

Iremos até o fim.



1 Comment


#tôcomedna

Like
bottom of page