Petição será protocolada hoje

Atualizado: 30 de abr.

Por: Neusa Baptista Pinto

Assessoria


Será protocolada hoje (18), às 16 h, na sede das Promotorias do Ministério Público Estadual, no Centro Político Administrativo, a petição feita pelo Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso (PT-MT) para angariar apoio à apresentação de uma representação criminal ao MPE-MT contra o vereador Tenente Coronel Paccola (Republicanos) pelo crime de ameaça.


O documento estava recebendo assinaturas desde a última quarta-feira (13) e, na sexta (15), atingiu a meta de 500 assinaturas estabelecida pelo partido.


Até o fim da manhã desta segunda (18), contava com a adesão de 577 pessoas.


A entrega será feita por representantes da Direção Estadual e por parlamentares da sigla, entre eles a vereadora Edna Sampaio, juntamente com militantes de movimentos sociais que são co-vereadores do Mandato Coletivo pela Vida e por Direitos.



Em pronunciamento feito na sessão ordinária da Câmara Municipal de Cuiabá, no dia de 7 de abril, Paccola fez ameaças e afirmou que possui armas e munição suficientes para enfrentar “quinhentos petistas”.


“[...] tais declarações constituem a prática do crime de ameaça a toda comunidade política, pois afirma estar “pronto para matar petistas. [...] requer-se, com urgência, que se digne esta ilustre Promotoria de Justiça a tomar providências necessárias junto ao ora denunciado [...], em razão da prática do crime de ameaça, tipificado no art.147 do Código Penal Brasileiro”, diz o texto da petição.