top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Nota de apoio ao grupo cultural Buriti Nagô



O Mandato Coletivo pela Vida e por Direitos/Vereadora Edna Sampaio (PT) manifesta sua solidariedade ao grupo de maracatu, Buriti Nagô, que foi alvo de intolerância e homofobia cometido por um comerciante da região da praça da Mandioca, centro da capital, onde o grupo se apresentava nesta terça-feira (20).


Cobramos das autoridades municipais que tomem medidas para combater a prática de racismo e violência na região, que carrega a história do povo negro, e onde as situações de intolerância têm se repetido.


É por esta razão que o Estatuto Municipal de Combate à Discriminação e Violência contra a Comunidade LGBTQIAPN+, proposto pela vereadora Edna Sampaio, mas rejeitado pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Cuiabá, é extremamente necessário para assegurar a segurança da comunidade.


Denunciamos também a prática de homofobia, já que o grupo é composto de pessoas LGBT. Diante dessa realidade, continuaremos lutando pelo Estatuto Municipal de Combate à Discriminação e Violência contra a Comunidade LGBTQIAPN+, proposta da vereadora Edna Sampaio, que foi rejeitada pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara.


A cidade pertence ao povo! Estamos juntes na luta contra o racismo estrutural.



bottom of page