top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Não vou ser ‘boi de piranha’ para Chico proteger Emanuel Pinheiro”, diz Edna



Victor Ostetti

“A vereadora Edna Sampaio (PT) afirmou, nesta segunda-feira (1º) em suas redes sociais, que a nova tentativa ilegal de cassar o seu mandato é uma manobra do presidente da Câmara, vereador Chico 2000, para criar uma “cortina de fumaça” para tentar tumultuar e desviar o foco político da Comissão Processante que investiga o prefeito Emanuel Pinheiro.


“Não aceito ameaça, não aceito esse constrangimento e não vou ser ‘boi de piranha’ para Chico 2000 proteger o seu chefe político. Violência política de gênero é crime e eu vou sempre denunciar", afirmou.


O vídeo publicado hoje denuncia as tentativas de intimidação feitas por Chico 2000. Nele, a vereadora exibe o trecho de um pronunciamento do parlamentar em plenário, onde ele a ameaça, afirmando ter registrado boletim de ocorrência contra ela, diante de publicações em suas redes sociais onde a vereadora o denuncia por violência política de gênero.


No trecho, ele a ameaça dizendo não ser “filho de pai assombrado” e afirmando que não vai se intimidar.


“Quero deixar claro que a vereadora Edna, assim como todos os outros 23 vereadores. Naturalmente, que se o caminho escolhido for outro, este presidente não foge à luta, este presidente dança de acordo com o ritmo e de acordo com a música", diz o vereador.


Chico 2000 chegou a solicitar à Justiça a remoção das postagens, mas o pedido foi negado pela juíza Lúcia Peruffo, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá.


Para Edna, o parlamentar sempre utilizou os meios e recursos da Câmara para proteger seu chefe político e a autorização para a abertura de uma nova Comissão Processante contra ela é um exemplo disso.


"Ele, que sempre foi da base, sempre esteve ali para utilizar recursos e mecanismos para proteger o seu chefe político, está fazendo isso neste momento ao autorizar a criação de uma Comissão Processante contra mim, sabendo da ilegalidade dessa comissão, uma vez que aquela que foi aberta no ano passado ainda não foi concluída", disse ela.


“ Na época que Chico 2000 foi eleito, o prefeito tinha cerca de 17 vereadores na sua base, portanto, qualquer um que quisesse se candidatar e presidir a Câmara, teria que fazer um acordo, pedir bênção para o prefeito", afirmou a vereadora.


“O que ele pretende, além de me ameaçar, é criar um constrangimento e uma cortina de fumaça contra um processo legítimo, que é a Comissão que pode levar à cassação do prefeito Emanuel Pinheiro”, disse.

Comments


bottom of page