Guerra às drogas é guerra aos pobres, diz Edna



A vereadora Edna Sampaio (PT) voltou a lamentar o falecimento da jovem Kathlen. Romeu, atingida por um tiro de bala perdida durante um tiroteio no Rio de Janeiro (RJ), na última terça (8).

Ela ressaltou que a guerra às drogas é uma guerra aos pobres. “Precisamos urgentemente repensar o modo como estamos atuando no Brasil em relação a esta guerra, que é terrível”, disse ela.


“Kathlen morreu, tinha 24 anos, era uma mulher negra grávida de 4 meses, uma mulher formada no ensino superior, algo muito difícil para o povo preto”, comentou a vereadora, durante a sessão ordinária desta quinta (10).


“Apenas agora há dois anos atrás, graças às cotas raciais, é que somos maioria ensino superior. São quase 400 anos de interdição. Depois disso, mais 130 anos que estamos vivendo esta saga do racismo estrutural. Ele tem a sua face mais violenta nisso que nós chamamos de guerra às drogas, que mata pretos e periféricos”.