Edna Sampaio defenderá palanque de Lula

Em Encontro de delegados do PT-MT


A vereadora Edna Sampaio (PT-MT) será uma das defensoras da apresentação de candidatura petista nas disputas majoritárias, para Governo ou Senado, durante o Encontro de Delegados do partido, que acontecerá no próximo domingo (29).




A parlamentar argumentou que a federação (que reúne PT, PV e PC do B) deve garantir um palanque forte para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Mato Grosso e cobrou protagonismo do Diretório Estadual na definição dos nomes, tanto para a chapa majoritária, como para as chapas proporcionais.


O encontro reunirá 138 delegados na modalidade on-line para definir os indicados ao Senado, Câmara Federal, Assembleia Legislativa e Governo do Estado.


A parlamentar salientou a importância de respeitar as definições nacionais e garantir espaço para este debate em nível local para fortalecer a candidatura do ex-presidente, cujo apoio vem crescendo em Mato Grosso.


“Precisamos ter um palanque para Lula em Mato Grosso e, uma vez que foi feita uma costura nacional, por ele para garantir governabilidade e palanques em níveis estaduais, precisamos cumprir aqui o nosso papel, que é termos candidaturas majoritárias que possam representar bem nosso projeto a nível nacional e fazer a defesa de Lula. Ele já é apontado nas pesquisas como primeiro colocado na Baixada Cuiabana e logo o estado estará tomado pelo desejo de mudança”, disse ela.

A parlamentar afirmou que defenderá essa posição no encontro de delegados, mas pondera que este é um espaço de disputa de visões diferentes das três chapas de delegados, eleitas pelo partido em 2019.


A chapa da parlamentar, denominada Plenária Livre, levará 10 delegados ao encontro. O grupo majoritário é representado pelo presidente do partido, Valdir Barranco, e pela deputada federal Professora Rosa Neide, e a segunda maior chapa tem à frente o deputado estadual Lúdio Cabral.




“Somos o menor agrupamento entre estas forças que constituem o encontro. É uma posição minoritária, mas que, nem por isso, deixa de ter importância dentro do partido e estaremos defendendo nossa posição com muita determinação. Estamos dispostos a bancar um palanque para Lula em Mato Grosso. Este é mais um passo importante na construção das nossas forças”, disse.


“A responsabilidade não é só do PT, mas da federação, porém o partido precisa ter protagonismo”.




Por: Neusa Baptista Pinto

Assessoria de Comunicação