top of page
160ee6c0-457f-4996-9239-29b5d6455e6c.JPG

Em carta aberta, PT Municipal reafirma intenção de candidatura própria



Durante reunião do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), nesta quinta-feira (27), o partido confirmou a intenção de lançar candidaturas próprias e de reforçar sua oposição à gestão Emanuel Pinheiro (MDB) na capital.





Durante o encontro, a sigla lançou a carta denominada “Mensagem do PT ao povo de Cuiabá”, onde demarca seu antagonismo em relação ao atual prefeito e a intenção de fortalecer a autonomia do partido em nível local.


A reunião contou com a presença do deputado estadual Lúdio Cabral e da vereadora Edna Sampaio.


Na carta, o diretório destaca a incompetência administrativa e a politicagem como marcas principais da gestão Pinheiro, a qual é indefensável e afirma que “qualquer projeto eleitoral que vise a continuidade da atual gestão municipal não nos representa”.


O Diretório também reafirma a proposição de preparar um modelo de governo popular, que inclua os pobres no orçamento, e de apresentar um nome próprio à sociedade, à Federação Partidária e aos partidos da base do governo Lula.


Defende, ainda, uma nova administração para o município e a construção de uma candidatura comprometida com o jeito de governar do atual presidente da República. “No que depender do PT, o município de Cuiabá terá uma nova administração, que representa um projeto de mudanças em relação à que temos hoje”, diz o texto.


Confira a carta na íntegra:


PARTIDO DOS TRABALHADORES - DIRETÓRIO MUNICIPAL DE CUIABÁ

“Mensagem do PT ao povo de Cuiabá”


1. A militância petista reunida na noite de quinta-feira, 27 de abril, através da direção municipal, manifesta ao povo de Cuiabá sua mensagem sobre a crise na saúde e, também, sobre o esperançar e agir militante, necessário para realizarmos as mudanças que a nossa cidade merece e aspira.


2. O povo de Cuiabá sofre sem encontrar atendimento decente para seus problemas de saúde. Ano após ano o SUS vem sendo destruído, desmontado no seu financiamento e na definição das suas prioridades. Cada vez mais o grosso do dinheiro do SUS é repassado para as empresas que fazem contratos milionários com o governo do estado e dos grandes municípios para as atividades mais lucrativas da saúde, que são da atenção terciária, tais como centros cirúrgicos, UTIs, cirurgias. Esse modelo de atenção à saúde promove grandes e lucrativos negócios, com resultados nefastos para a população, ao mesmo tempo em que abandona e desmonta as equipes da saúde da família, as unidades básicas de saúde, de pronto atendimento, onde faltam remédios, vacinas e exames.


3. Esse é o modelo de gestão do dinheiro do SUS em Mato Grosso e as duas maiores autoridades públicas responsáveis por essa gestão privatista são o Governador do Estado e o Prefeito de Cuiabá. Enquanto o povo agoniza e morre nas filas sem atendimento, escândalos de uso político e de corrupção com o dinheiro do SUS se tornam rotineiros, sendo muitos já revelados e penalizados, no âmbito da gestão municipal e, outros ainda sendo descobertos no âmbito da gestão estadual, que envolveriam operadores da SES, no favorecimento de empresários nas licitações da saúde.


4. Reafirmamos nosso empenho na defesa do SUS, da sua concepção de atendimento à saúde e do seu financiamento e, ante o sofrimento do povo de Cuiabá mobilizamos a atenção especial do Ministério da Saúde, sempre visando a melhoria dos serviços prestados e das condições de atendimento da nossa população. Quanto à intervenção na gestão da saúde, registramos nosso repúdio ao uso político eleitoral desse drama da população. O Povo de Cuiabá pode contar com o trabalho competente do PT em prol da transparência desse processo, seja quanto às informações prestadas, quanto aos seus planos de trabalho, aos métodos e recursos utilizados,quanto aos seus resultados.


5. Infelizmente, o caos da oferta dos serviços públicos em Cuiabá, não se restringe à área da saúde. A incompetência administrativa e a politicagem são as marcas principais da gestão do município de Cuiabá. A educação e assistência social tem a marca do retrocesso. No geral, as políticas públicas não funcionam e a infraestrutura da cidade está abandonada, com as ruas cheias de lama, sujeira e buraco. Estamos diante de uma gestão indefensável e queremos deixar claro que qualquer projeto eleitoral que vise a continuidade da atual gestão municipal, não nos representa.


6. Para além de reafirmar a nossa posição política de oposição ao atual governo municipal,neste ano pré-eleitoral, nos comprometemos com o povo de Cuiabá com a tarefa de preparar um programa de governo popular para nossa cidade. A exemplo do que faz o Presidente Lula, vamos incluir os pobres no orçamento municipal. E no momento oportuno, vamos reacender a esperança do povo, apresentando para discussão da sociedade, da nossa Federação Partidária e dos partidos da base do Governo Lula, um nome PeTista da mais alta competência, com serviços prestados, apoio popular e credibilidade,para liderar uma candidatura ao Governo do Município de Cuiabá.


7. No que depender do PT, o município de Cuiabá terá uma nova administração, que representa um projeto de mudanças em relação à que temos hoje. Em diálogo com a sociedade e as forças políticas do campo democrático e popular construiremos um governo municipal marcado pela honestidade e competência, alinhado com o jeito de governar do Presidente Lula. As políticas sociais serão valorizadas e os segmentos vulneráveis da população cuiabana terão no governo municipal um parceiro interessado na solução dos seus problemas.


8. Saudações ao povo de Cuiabá. Viva a classe trabalhadora, que neste dia primeiro de maio comemorará a conquista de um novo governo federal, que assumiu com a missão de unir e reconstruir nosso Brasil.

Cuiabá, 27 de abril de 2023.

Comments


bottom of page