Edna diz que o PT é o “partido mais querido do Brasil”



Confiante na capacidade de reestruturação do Partido dos Trabalhadores na eleição deste ano, a vereadora por Cuiabá Edna Sampaio afirmou nesta quinta-feira (03), em live do Única News, que a sigla é a mais “querida do Brasil”. Para a petista, o partido deve “arrastar multidões” e ter uma bancada majoritária progressista.


“O PT é o partido mais querido do Brasil, e as pessoas sabem por que gostam do PT. [...] E depois de quatro anos, do governo Bolsonaro, a população sabe para que serviu a criminalização do PT. O PT é um partido sério, é um partido que sempre teve como pauta o combate à corrupção, nenhum partido na presidência da república criou tantos mecanismos de controle da administração pública quanto o PT, até a transparência do Governo Federal”, afirmou.


No ano passado, Edna havia colocado a sua candidatura ao Senado. Entretanto, rusgas internas com o partido criaram um clima pouco animador, o que fez com que a petista se colocasse como pré-candidata à uma vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).


Durante a entrevista ao Única, Edna citou perdas de direitos, como a não-obrigatoriedade da Carteira de Trabalho, do 13º salário, e o aumento no tempo de contribuição para a aposentadoria. Segundo a parlamentar, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) nunca teve como objetivo o combate à corrupção, e sim a retirada de direitos conquistados.


“Então, a luta que foi feita para derrubar a presidenta Dilma, hoje fica muito claro, nunca foi uma luta contra a corrupção, muito pelo contrário, foi uma luta contra a classe trabalhadora e contra os direitos que nós estávamos conquistando, especialmente o povo preto que começou a se organizar e querer espaço que não tinha”, apontou.



Fonte: Site Única News